Abrindo...

Matriz Energética Brasileira x Crise hídrica


A produção de eletricidade no Brasil está em crise, não é por falta de opções tecnológicas. Inúmeros meios viáveis de gerar eletricidade têm sido ignorados ou mal aproveitados. Nesse pacote tecnológico estão, entre outras, a energia eólica, a solar e de biomassa.
Nenhum desses recursos representa uma solução mágica e, assim como as fontes de energia tradicionais, também têm suas vantagens e desvantagens. Mas poderiam complementar e ampliar a produção de energia no Brasil, onde mais de 90% da eletricidade consumida ainda vem de hidroelétricas. Vários fatores influem na hora de optar por uma forma de gerar energia. Os principais são o custo de construção, os gastos para mantê-la e o impacto ambiental, examinaremos as vantagens e desvantagens das diversas formas de gerar eletricidade, o conhecimento sobre o sistema de bandeiras tarifárias adotadas neste ano e a repercussão monetária incidida nas contas energéticas.
A atividade terá um caráter investigativo e focará na resposta às seguintes perguntas:
* De onde vem a energia elétrica que utilizamos todos os dias?
* Como é a composição da matriz energética nacional?
* Qual é o papel da energia hidrelétrica face à matriz energética?
* Quais planos e recomendações podem ser usados para economizar energia?
* O que é o Sistema de Bandeira?
Essas e outras questões serão trabalhadas na sala de aula dentro do componente curricular Química, fazendo a relação entre água e energia.

TÓPICOS ABORDADOS:

 9° ano: Energia e suas transformações.
2º ano: Termodinâmica: Energia e trabalho.
   
DESENVOLVIMENTO

            O projeto está dividido em duas partes:
1°- Rodas de conversa com os alunos do 2º ano do Ensino Médio, norteadas sobre o problema da falta de água do país e em como este tem prejudicado a produção energética do Brasil. Também serão abordados outros tipos de matrizes energéticas existentes no Brasil e ao término dos debates, será realizado um café da tarde com os participantes.  
2° - A turma será dividida em pequenos grupos e repassarão o tema para os alunos do 9° ano no formato de multimídia, contendo: conceito, vantagens e desvantagens de cada tipo de matriz energética presente no Brasil.

OBJETIVO GERAL

Conscientizar os alunos sobre o seu papel de corresponsabilidade em relação ao consumo e economia de energia e de água, bem como conhecer as matrizes energéticas de nosso país, analisando suas vantagens e desvantagens.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

* Identificar a produção de energia a partir de usinas hidrelétricas no Brasil.
* Relacionar a crise hídrica com a produção de energia elétrica;
* Relacionar os aumentos da tarifa energética com o uso das termoelétricas;
* Apresentar os princípios básicos de funcionamento das usinas elétricas existente no Brasil;
* Apresentar as vantagens e desvantagens das usinas elétricas brasileiras;
* Identificar e debater sobre as fontes de energias alternativas;
* Entender o sistema de bandeira tarifária criado pela Aneel;
* Utilizar a energia elétrica e a água de forma consciente e racional.


AVALIAÇÃO

            No 2º ano será avaliado à participação durante as rodas de conversa e durante a apresentação dos grupos para o 9º ano, observando o domínio de conceito, o processo de transformação, etc., de cada tema proposto.  Na turma do 9º ano, será considerada a participação de cada um durante a apresentação dos grupos.

  

projeto café com química 3717347076551305975

Postar um comentário

emo-but-icon

Página inicial item

Notícias por E-mail

ADS

Notícias Populares